Saudações marcianas. O novo episódio do Podcast 7 Marte já está no ar. E neste episódio eu falo um pouquinho sobre a minha relação com o gênero de terror.

O terror é um gênero muito especial para mim. Desde que iniciei a minha vida cinéfila, tenho priorizado as produções provenientes das prateleiras obscuras das locadoras.

Ao longo deste episódio, eu explico melhor como começou essa admiração. Eu falo, por exemplo, como eu morri de medo ao assistir ao primeiro Brinquedo Assassino (Child’s Play, 1988) quando ainda era criança.

Além disso, O Predador (Predator, 1987) foi outro filme que me fez morrer de medo quando o assisti pela primeira vez na TV. E sua continuação hiper-violenta me causou pesadelos.

Outro assunto abordado é a necessidade de dar uma segunda chance aos filmes. Afinal, a minha primeira experiência com o clássico O Exorcista (The Exorcist, 1973) não foi das melhores. Mas a segunda…

Eu menciono também a importância da franquia Pânico (Scream) para a minha formação como cinéfilo, uma vez que foram estes filmes que me incentivaram a buscar alguns clássicos do gênero.

E por falar em clássicos, nesse episódio eu falo a minha primeira experiência com Psicose (Psycho, 1960), até hoje o meu filme preferido de Alfred Hitchcock.

Estes são só alguns dos temas abordados nesse episódio.

Você pode ouvir o programa clicando no player abaixo. Também estamos disponíveis no Spotify, Deezer, Breaker, Google Podcasts, RadioPublic, Pocket Casts, Overcast e Apple Podcast.

Confira as outras edições no podcast clicando aqui.

Share: