O documentário Rats, dirigido por Morgan Spurlock (Super Size Me – A Dieta do Palhaço), está causando comoção pelos festivais por onde passa. Na verdade, comoção não seria a palavra ideal. Nojo é uma expressão mais apurada.
Exibido no Festival de Toronto e no Fantastic Fest, em Austin, o documentário traz cenas de parasitas sendo retirados das carcaças de ratos, imagens de doenças transmitidas pelos roedores, cães que se alimentam de ratos, e até um restaurante vietnamita que serve esses bichos como comida.
Quem já viu o filme garante que é nojento mesmo. Mas a nojeira, nesse caso, tem um propósito. A ideia de Spurlock é entender melhor a ameça do chamado Rattus norvegis, que se prolifera nas grandes metrópoles em todo o mundo.
Rats ainda não tem previsão de lançamento comercial. Você pode até conferir o trailer abaixo, mas sinceramente eu não recomendo.

Share: